08
Jul 10

 

 

Tribunal de Justiça europeu considera ilegal a golden-share do Estado Português na PT

 

 

r às 10:26

13
Nov 09

 

A economia portuguesa registou o terceiro melhor desempenho da União Europeia no terceiro trimestre, ao crescer 0,9% contra a média europeia de 0,4%, revelou hoje o Eurostat.

Com um crescimento trimestral maior do que Portugal encontram-se apenas a Lituânia (6,0%) e Eslováquia (1,6%). A Áustria registou um desempenho igual ao nosso país entre Julho e Setembro, ao crescer também 0,9% face ao segundo trimestre do ano.

Próxima do desempenho português esteve a República Checa, que cresceu 0,8% em relação ao trimestre anterior, segundo o mesmo
relatório.

A mesma fonte precisa que ainda em recessão encontram-se as economias do Reino Unido, Espanha, Chipre, Estónia, Hungria e Roménia.

  • Crescimento do PIB no terceiro trimestre

País Evolução
Lituânia +6,0%
Eslováquia +1,6%
Portugal +0,9%
Áustria +0,9%
República Checa +0,8%
Alemanha +0,7%
Itália +0,6%
Bélgica +0,5%
Holanda +0,4%
França +0,3%
Espanha -0,3%
Grécia -0,3%
Reino Unido -0,4%
Roménia -0,7%
Chipre -1,4%
Hungria -1,8%
Estónia -2,8%

Fonte: Eurostat

r às 11:57

03
Nov 09
O Tribunal Constitucional checo deu pleno acolhimento ao Tratado de Lisboa, avaliando que o documento como um todo respeita a constituição da República Checa e, com isso, removeu a última possibilidade de bloqueio à ratificação por Praga.Com este acórdão, o Presidente, Vaclav Klaus, pode agora assinar o documento – constituindo este o derradeiro passo formal para que o pacto seja configurado no país, o único membro da União Europeia que ainda não o ratificou.

Na cimeira de Bruxelas da semana passada, os líderes chegaram a acordo para alargar à República Checa, como exigido pelo seu eurocéptico Presidente a derrogação concedida em 2007 à Polónia e Reino Unido relativamente à Carta dos Direitos Fundamentais. Klaus já disse que assinaria o texto assim que o Tribunal Constitucional declarasse a sua conformidade.

Fica assim o caminho aberto a que o tratado entre em efeito em todo o território dos Vinte e Sete a 1 de Dezembro.

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, foi o primeiro a saudar a decisão do tribunal checo. “Espero que a Europa possa pôr de lado anos de debates constitucionais e institucionais [...] e que possamos avançar e abordar os principais problemas”, disse numa conferência de imprensa.

 

r às 11:41

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds