04
Mai 11

 

O acordão confirma a condenação do autarca de Oeiras a dois e meio de prisão e subiu para 463 mil euros o valor da indemnização.

 

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou a semana passada o pedido de anulação de pena efectiva a que Isaltino Morais foi condenado por fraude fiscal. Para escapar à prisão, só resta ao autarca de Oeiras o Tribunal Constitucional, onde o arguido alega a inconstitucionalidade do acórdão da Relação. A notícia é avançada pelo jornal "Público".

r às 11:56

RECENTES FAIT-DIVERS

Supremo confirma pena de ...

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


ARQUIVO
pesquisar