05
Jan 11

 

Um inspector da PJ interrogava 3 loiras que treinavam num curso para a PJ.

 

Para testar se elas reconheciam um suspeito, mostrou à primeira loira
uma foto por 5 segundos.

 


- Este é o seu suspeito, como é que o reconheceria?
A primeira loira responde:
- Fácil, eu o reconhecia porque ele só tem um olho!
O polícia diz:
- Bem, ... é que... a foto mostra - o de perfil.

 


Atrapalhado pela resposta ridícula que recebeu, mostra a foto à
segunda loira por 5 segundos e pergunta:
- Este é o seu suspeito, como é que o reconheceria?
A segunda loira dá um sorrisinho maroto, sacode os cabelos pró lado e diz:
-Ah! Isso é fácil!!! Ele só tem uma orelha!!!

 


O polícia furioso responde: - O que se passa com vocês duas? Claro que
a foto só mostra um olho e uma orelha porque ele está de perfil! Essa
é a melhor resposta que vocês me podem dar?

 


Já sem paciência, ele mostra a foto à terceira loira e pergunta grosseiramente:
- Este é o seu suspeito, como é que você o reconheceria?
E rapidamente acrescenta:
- Pense bem antes de me dar uma resposta imbecil.
A loira olha atentamente a foto por um momento e diz:
- Hummmmm... o suspeito usa lentes de contacto.

 


O polícia fica surpreendido e sem fala, porque nem mesmo ele sabia se
o suspeito usava lentes de contacto ou não.
- Bem, é uma resposta no mínimo interessante... aguardem um momento
que eu vou verificar o perfil do suspeito e já volto.

 


Deixa a sala e vai ao escritório verificar a ficha do suspeito no
computador e volta com um sorriso satisfeito no rosto. - Fantástico,
não dá para acreditar! É VERDADE! O suspeito usa de facto lentes de
contacto. Belo trabalho! Como conseguiu chegar a essa conclusão?


- Fácil! - Responde a loira. Ele não pode usar óculos porque só tem um
olho e uma orelha!

r às 12:08
tags: ,

24
Nov 10

 

 O Barbeiro

 

  

     Um homem entra no salão do barbeiro, e pergunta:
     «Quanto tempo falta até chegar a minha vez?»

 


     O barbeiro olha em volta do seu salão, e responde:
     «Mais ou menos 2 horas!».

  

     O homem sai.

  

     Passam mais alguns dias o mesmo homem volta à barbearia e pergunta:
       «Quanto tempo falta até chegar a minha vez?»


     O barbeiro olha de novo em volta do seu salão, e responde:
     «Mais ou menos 3 horas!».

 

     O homem sai.

 

     Passa uma semana o mesmo homem entra na barbearia e pergunta de novo:
     «Quanto tempo demora até chegar a minha vez?»


     O barbeiro olha em sua volta e responde:
     «Mais ou menos 1 hora e meia!».

 

     O homem sai.

 

     O barbeiro vira-se para um seu amigo que se encontrava na barbearia e diz-lhe:
     «Oh Paulo, faz-me só um favor! Segue aquele homem e vê para onde ele
     vai. O gajo sempre que  entra aqui, pergunta quanto tempo até a sua
     vez, mas nunca mais volta».

 

     Uns minutos depois, Paulo regressa ao salão a matar-se de rir
     histericamente.

 

     O barbeiro curioso pergunta-lhe:
     «Então? Onde é que ele vai depois daqui?»

 

     O amigo Paulo levanta a cara, enxuga as lágrimas, pára de dar
     gargalhadas e responde-lhe:

 

     «O tipo quando sai daqui vai para a tua casa!».

r às 16:14
tags: ,

11
Nov 10

 

 

Um jovem e fogoso médico lisboeta abriu consultório numa pequena aldeia
alentejana,onde só havia velhos. No primeiro dia começou por atender o Ti
Augusto e aproveitou p'ra perguntar:

 

 - Então Ti Augusto, aqui na terra não há meninas???

 

 - Aqui na há nada! Só se for às Sêxtas-Fêras na Égua ! - Respondeu o Ti
Augusto.

 

 Passado algum tempo, já o médico andava a ganir de desejo, quando o Ti Augusto
voltou à consulta:

 

 - Então homem, hoje é sexta-feira, como é que é isso da Égua?

 

 - Sendo 3 da tardi, o sôdoutori venha ter comigo à bêra do riacho.

 

 Quando lá chegou, encontrou uma fila enorme de homens, mas ele como era
médico, toda gente o deixou passar à frente. Quando viu a Égua, o médico
esqueceu os preconceitos e, libertando o desejo reprimido, baixou as calças e
montou-se no animal. Ao fim de alguns minutos de relação, o Ti Augusto chega-se
ao pé do Médico e diz :

 

 - Sô doutori, ê nã queria interrompêri, mas nã  canse a bichinha, porque ela é
que nos vai levari p'ro outro lado do riacho, onde estão as moçoilas!!!!!

 

 

r às 13:59
tags: ,

15
Set 10

 

 

O advogado e o alentejano

 

Um advogado todo "da linha de Cascais", vai caçar patos para o Alentejo.

 

Dá um tiro, acerta num pato, mas o bicho cai dentro da propriedade de um lavrador.

 

Enquanto o advogado saltava a vedação, o lavrador chega no tractor e pergunta-lhe o que estava ele a fazer.

 

O advogado respondeu:
- Acabei de matar um pato, mas ele caiu na sua terra, e agora vou buscá-lo.

 

O velhote responde:
- Esta propriedade é privada, por isso não pode entrar.

 

O advogado, indignado:
- Eu sou um dos melhores advogados de Portugal!
Se não me deixa ir buscar o pato eu processo-o e fico-lhe com tudo o que tem!

 

O lavrador sorriu e disse:
- O senhor não sabe como é que funcionam as coisas no Alentejo!
Nós aqui temos o Código Napoleónico!
Nós resolvemos estas pequenas zangas com a Regra Alentejana dos Três Pontapés.

Primeiro eu dou-lhe três pontapés;
depois você dá-me três pontapés;
e assim consecutivamente até um de nós desistir!

 

O advogado já se estava a sentir violento há um bocado, olhou para o velho e pensou que era fácil dar-lhe uma carga de porrada.

 

Por isso, aceitou resolver as coisas segundo o costume local.

 

O velho, muito lentamente, saiu do tractor e caminhou até perto do advogado.

O primeiro pontapé, dado com uma galocha bem pesada, acertou directamente nas bolas do advogado, que caiu de joelhos e vomitou.

O segundo pontapé quase arrancou o nariz do advogado.

Quando o advogado caiu de cara, com as dores, o lavrador apontou o terceiro pontapé aos rins, o que fez com que o outro quase desistisse.

 

Contudo, o coração negro e vingativo do advogado falou mais forte.
Ele não desistiu, levantou-se, todo ensanguentado, e disse:
- Bora, velhote! Agora é a minha vez!

 

O lavrador sorriu e disse:
- Nah! Eu desisto! Leve lá o pato!

r às 17:25
tags: ,

06
Ago 10

 

 

Fazer sexo é dedutível em IRS 
 
 

Um casal de jovens chega ao consultório de um médico terapeuta sexual.
O médico pergunta-lhes:
- O que posso fazer por vocês?
 
O rapaz responde:
- Poderia ver-nos a fazer sexo?
O médico olha espantado, mas concorda.
Quando terminam, o médico diz:
- Não há nada de mal na maneira como vocês fazem sexo. E cobra-lhes 70,00 euros pela consulta.
A cena repete-se por várias semanas. O casal marca um horário, faz sexo sem nenhum problema,
paga ao médico e deixa o consultório.

 
Ao cabo de algum tempo, o médico resolve perguntar-lhes:

- Afinal, o que estão a tentar descobrir?

 
E o rapaz responde:
- Nada. O problema é que ela é casada e não posso ir a casa dela. Eu também sou casado e ela não pode ir a minha casa. No Hotel Tivoli, um quarto custa 120,00 euros, no Holliday Inn custa 100,00 euros e aqui fazemos sexo por 70,00 euros, temos acompanhamento médico, é-nos passado um recibo, sou reembolsado em 42,00 euros pela Médis e ainda consigo uma restituição do IRS de 19,25 euros....

r às 17:09
tags: , ,

20
Jul 10

 

Uma mulher maravilhosa bate na porta do vizinho e diz:

 


- "Escuta, cheguei agora, estou com uma vontade louca de me divertir, de me embebedar,
de fazer sexo a noite toda...

  


você está ocupado esta noite?"

 

- "NÃO!!!"


-"Então... pode ficar com o meu cachorro?"

r às 17:15
tags: ,

21
Mai 10

 

O leão e a loura

 

O dono de um circo colocou um anúncio procurando um domador de leão.
Apareceram 2 pessoas: um senhor de boa aparência, aposentado, beirando
70 anos, e uma loura espetacular de 25 anos.
 
O dono do circo fala com os 2 candidatos e diz:
Eu vou directo ao ponto. Meu leão é extremamente feroz, e matou os
meus dois últimos domadores.

Ou vocês são realmente bons, ou não vão durar 1 minuto! Aqui esta o
equipamento - banquinho, chicote, pistola. Quem quer entrar primeiro?


A loura fala: Eu vou!
Ela ignora o banquinho, chicote e pistola e entra rapidamente na jaula.
O leão ruge e começa a correr na direção da loura. Quando falta um
metro para ela ser alcançada, a loura abre o seu vestido e fica
pelada, mostrando todo o esplendor do seu corpo.
 
O leão para como se tivesse sido fulminado por um raio!
Ele se deita na frente da loura e começa a lamber os seus pés!
Pouco a pouco, ele vai subindo e lambe o corpo inteiro da loura
durante longos minutos!


O dono do circo, com o queixo caído até o chão diz:
Eu nunca vi algo assim na minha vida!
Ele se vira para o velhinho e pergunta:
Você consegue fazer a mesma coisa?
E o velho responde:
Claro! É só tirar de lá o leão...

r às 14:58
tags: ,

29
Mar 10

Uma loira volta a casa depois de ter ido fazer compras e ouve barulhos esquisitos vindos do seu quarto no primeiro andar.

 

 Sobe apressadamente as escadas e encontra o seu marido deitado na cama, completamente nu, inundado em suor e com a respiração acelerada.

 

"O que é que tens?" pergunta. "Acho que estou a ter uma crise cardíaca" responde ele.

 

 A loira desce rapidamente e liga para o INEM. Mas antes de lhe responderem, o seu filho de 4 anos aproxima-se e diz: "Mãe, mãe. A tia Shirley está escondida no teu armário e está toda nua".

 

 A loira pousa o auscultador e sobe novamente para o seu quarto, abre o armário e, claro, encontra lá a sua irmã, completamente nua e agachada.

 

 "Sua irresponsável!" grita-lhe. "O meu homem está a ter uma crise cardíaca e tu a brincar às escondidas com as crianças!"

r às 15:03
sinto-me:
tags: ,

17
Fev 10

Um professor, da Faculdade de Direito, perguntou a um dos seus alunos:


Laurentino, se você quiser dar uma laranja a uma pessoa chamada Sebastião, o que deverá dizer?


O estudante respondeu:
Aqui está, Sebastião, uma laranja para si.


O professor gritou, furioso:
Não! Não! Pense como um Profissional de Direito!


O estudante pensou um pouco e então respondeu:
Está bem, eu refaço o que diria…


Eu, Laurentino Marcos Rosa Sentado, Advogado, por meio desta dou e concedo a você, Sebastião Lingrinhas, BI6543254, NIF50829092, morador na Rua do Alecrim, 32, A, do concelho de Vila Nova de Gaia, casado, com dois filhos e um enteado, e somente a você, a propriedade plena e exclusiva, inclusive benefícios futuros, direitos, reivindicações e outros títulos, obrigações e vantagens no que concerne à fruta denominada laranja, juntamente com sua casca, sumo, polpa e sementes transferindo-lhe todos os direitos e vantagens necessários para espremer, morder, cortar, congelar, triturar ou descascar com a utilização de quaisquer objectos ou de outra forma comer, tomar ou ingerir a referida laranja, ou cedê-la com ou sem casca, sumo, polpa ou sementes, e qualquer decisão contrária, passada ou futura, em qualquer petição, ou petições, ou em instrumentos de qualquer outra natureza ou tipo, fiscal ou comercial, fica assim sem nenhum efeito no mundo cítrico e jurídico, valendo este acto entre as partes, seus herdeiros e sucessores, com carácter irrevogável, declarando Sebastião Lingrinhas que o aceita em todos os seus termos e condições conhecendo perfeitamente o sabor da laranja, não se aplicando, neste caso, o disposto no Código do Consumidor, cláusula 28, alínea b, com a modificação dada pelo DL 342/08 de 1979.


E o professor então comenta:
MELHOROU BASTANTE, MAS NÃO SEJA TÃO SUCINTO!!!

r às 10:35

26
Jan 10

O alentejano há muito tempo que não dava uma queca .....

 

Chegou à zona das "meninas" e disse para uma:

 

- Quanto cobras?
- 100,00 €.

 

- Muito caro! Muito caro!!!
- Então 50,00 €.

 

- Não, não.....eu só tenho 12,00 €.
- É muito pouco...por isso eu não vou.....

 

- Então eu dou-te 12,00 € e o telemóvel.

A tipa pensou, pensou e disse:
- Está bem.

 

Foram para o quarto, deram uma boa queca... o alentejano levantou-se, vestiu as calças e deu 12,00 € à rapariga, que disse:

 

- E o telemóvel?
 - Anota aí.... !

r às 12:13
tags: ,

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds