21
Jan 11

 

 

A fazer lembrar os Regimes totalitários, em que os apelos ao Medo fazem escola... esta declaração é de muito mau gosto, surreal, demagógica e de baixíssima política...

 

Pior só mesmo dizer que não é preciso fazer eleições, para os juros da dívida não subirem (mais), até porque já está Eleito.

 

" Esta quinta-feira, num almoço com apoiantes em Felgueiras (Porto), Cavaco alertou para as consequências de uma segunda volta, que seria “desviar as atenções do essencial”. E “o essencial” é que iria causar “uma contracção do crédito e uma subida das taxas de juros. Com as consequências para as “empresas e famílias”."

r às 11:17

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13

16
17
19
22

24
25
27
28
29

30
31


ARQUIVO
pesquisar