12
Nov 09
O Conselho de Ministros aprovou esta tarde a revogação das taxas moderadoras para internamentos e cirurgias em ambulatório, com efeito a partir de 1 de Janeiro de 2010.

O Governo antecipou-se assim ao debate, no dia 20, sobre os projectos de lei da oposição, que defendiam igualmente a abolição destes pagamentos, e rectificou a ministra da Saúde, Ana Jorge, que ontem, em declarações à TSF, anunciou que a revogação, a ser concretizada, teria de ser contemplada no Orçamento do Estado (OE).

Esta tarde, o ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, explicou que o Governo decidiu avançar agora com o fim destas taxas porque a discussão do assunto em sede de orçamento não permitiria a abolição dos pagamentos a partir de Janeiro do próximo ano. "O protelamento desta decisão para o OE não produziria efeitos logo a partir de 1 de Janeiro de 2010", justificou.

Digo eu: Aqui está um belo exemplo de que quando não se atinguem os objectivos não custa nada dar um passo atrás e repor a situação. 
r às 18:41

Recebido por email

 

O António, depois de dormir numa almofada de algodão (Made in Egipt), começou o dia bem cedo, acordado pelo despertador (Made in Japan) às 7 da manhã.


 Depois de um banho com sabonete (Made in France) e enquanto o café (importado da Colômbia) estava a fazer na máquina (Made in Chech Republic), barbeou-se com a máquina eléctrica (Made in China).
 
Vestiu uma camisa (Made in Sri Lanka), jeans de marca (Made in Singapure) e um relógio de bolso (Made in Swiss).
 
Depois de preparar as torradas de trigo (produced in USA) na sua torradeira (Made in Germany) e enquanto tomava o café numa chávena (Made in Spain), pegou na máquina de calcular (Made in Korea) para ver quanto é que poderia gastar nesse dia e consultou a Internet no seu computador (Made in Thailand) para ver as previsões meteorológicas.
 
Depois de ouvir as notícias pela rádio (Made in India), ainda bebeu um sumo de laranja (produced in Israel), entrou no carro Saab (Made in Sweden) e continuou à procura de emprego.
 
Ao fim de mais um dia frustrante, com muitos contactos feitos através do seu telemóvel (Made in Finland) e, após comer uma pizza (Made in Italy), o António decidiu relaxar por uns instantes.
 
Calçou as suas sandálias (Made in Brazil), sentou-se num sofá (Made in Denmark), serviu-se de um copo de vinho (produced in Chile), ligou a TV (Made in Indonésia) e pôs-se a pensar porque é que não conseguia encontrar um emprego em PORTUGAL...
 
Talvez este mail devesse ser enviado aos consumidores portugueses.
 
O Ministério da Economia de Espanha estima que se cada espanhol consumir 150€ de  produtos nacionais, por ano, a economia cresce acima de todas as estimativas e, ainda por cima, cria postos de trabalho.
 
Ajude a economia Portuguesa, compre produtos Nacionais

 

r às 17:17

 

Margem do Reno, Alemanha

 

r às 14:37

O actual técnico da Académica de Coimbra e ex-colaborador de José Mourinho é o escolhido de José Eduardo Bettencourt para substituir Paulo Bento no comando leonino.

 

Segundo o Jornal "A Bola", a procura para encontrar um substituto a Paulo Bento terminou. André Villas Boas, actual técnico da Académica de Coimbra, de 32 anos, é a escolha do presidente do Sporting, mas ainda não estão reunidas todas as condições para trazer o jovem técnico para Alvalade. Isto porque ainda falta o "sim" definitivo do ex-técnico adjunto de Mourinho.

André Villas Boas chegou recentemente à Académica de Coimbra, a meio do mês de Outubro, para ocupar a vaga deixada por Rogério Gonçalves, e foi o técnico que mais interesse suscitou e o que mais consistência ganhou entre os adeptos e administração. O jornal desportivo avança inclusive que o presidente leonino e o ainda treinador dos "estudantes" já se reuniram.

 

Ricardo Sá pinto vai substituir Pedro Barbosa no cargo de Director Desportivo, ficando ainda em aberto o lugar do demissionário Miguel Ribeiro Teles, administrador da SAD leonina.

 

r às 14:16

 

 

A 12 de Novembro de 1991, no cemitério de Santa Cruz, em Dili, tropas indonésias que ocupavam indevidamente o território de Timor-Leste, dispararam indiscriminadamente contra civis, durante uma homenagem fúnebre a um jovem abatido por elementos daquelas forças.

 

Dezenas de pessoas morreram neste ataque. As imagens deste massacre, ao serem apresentadas nas televisões de todo o mundo, sensibilizaram a comunidade internacional para a dramática situação do povo timorense e contribuíram decisivamente para o processo de independência daquele território.

 

r às 13:14
tags:

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
21

22
28

29
30


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds