30
Set 09

 

 

JÁ PASSARAM MAIS DE 24 HORAS DA DECLARAÇÃO PRESIDENCIAL....

 

DESCULPEM A PERGUNTA,

 

 

MAS JÁ ALGUÉM PERCEBEU O QUE QUIS DIZER O NOSSO PRESIDENTE DA REPÚBLICA?????

r às 23:08
tags:

 

CARTA AO SR. PRESIDENTE DO GOVERNO REGIONAL DA MADEIRA
 
EXMO.SR. PRESIDENTE,
 
Peço antecipadamente desculpa por ocupar 5 minutos da sua, calculo, muito preenchida agenda.
 
Venho deste modo e por esta via solicitar-lhe o seguinte:
 
A minha sogra, uma Senhora de 60 anos, vai, nos próximos dias, visitar a sua bela ilha da Madeira.
 
Vai, volvidos mais de 20 anos da sua última viagem à Madeira.
 
A senhora minha sogra é uma Senhora viúva, sozinha mas aventureira e, mesmo sem companhia, gosta muito de viajar.
 
Considerando que esta viagem é de observação, a um território, que muitos dizem, moderno, competitivo e um exemplo a seguir, faço-lhe o seguinte pedido:
 
Sr. Presidente, por tudo o exposto mas, principalmente, por se tratar de uma viagem de observação à “Pérola” do Atlântico, solicito:
 
Que, à sua chegada à ilha, lhe seja disponibilizado um carro do Governo Regional, com respectivo motorista,hotel, guia e roteiro de locais de interesse a visitar, assim como todas as mordomias, que uma Senhora desta idade merece.
 
Pode parecer estranho, este pedido, mas é idêntico ao verificado, há tempos, aquando da visita de “observação” (como o Sr. Presidente lhe chamou) à Madeira, realizada por uma ilustre Senhora, só por coincidência líder do Partido a que V.Exa. também pertence.
 
Aguardo deferimento e apresento as mais cordiais e republicanas saudações.

 

r às 22:59

29
Set 09

 

PORTO VS SPORTING
 
O primeiro clássico da época deu vitória para o Porto.
 
O Porto entrou melhor e logo no 2’ minuto Hulk numa grande jogada individual isola Falcão que remata fraco à figura de Helton, se tivesse devolvido a Hulk, por certo seria golo do Porto. Logo a seguir num de um lance bola parada, inevitavelmente, o Porto faz 1 a 0, aos 3’ minutos, num bom golpe de cabeça de Falcão. Tenho dúvidas na justiça da marcação do livre que dá origem ao golo.
 
Até ao minuto 20’, o Porto, impulsionado pela velocidade de Hulk, foi dominador, mais perigoso e parecia ter o jogo controlado. No entanto, ao minuto 20’ Matias Fernandez teve uma grande oportunidade para marcar para o Sporting, bem defendida por Helton. Este lance deu confiança ao Sporting e intranquilizou o Porto. Ainda assim Bruno Alves, no seguimento da marcação de um canto, teve boa oportunidade de golo, num cabeceamento, estranhe-se, ou não, sem tirar os pés do chão. Após este lance não mais o Porto incomodou de forma séria o guarda-redes do Sporting até ao intervalo.   
Por seu lado o Sporting crescia, acreditava e Postiga ainda enviou uma bola à trave.
Raul Meireles devia ter sido expulso do jogo, por falta cometida sobre Miguel Veloso, creio.
 
Chegava o intervalo e, no meu ponto de vista, o resultado mais justo nesta altura seria o empate.
 
Após o intervalo o Porto entrou novamente melhor e, no 7’ minuto, o árbitro marca grande penalidade a favor do Porto e expulsa Polga, com 2.º cartão amarelo. No meu entender o penalti é bem assinalado. Já a expulsão parece-me excessiva, visto eu entender, que a 1ª falta de Polga não devia ter dado origem à amostragem de cartão amarelo.
 
Falcão permite a defesa de Rui Patrício e o Porto perde grande oportunidade de decidir o jogo.
 
O Sporting, mesmo reduzido a dez jogadores, foi, até ao fim do jogo, sempre melhor, mais controlador, mais perigoso, mais lutador e mais esclarecido que o Porto. No entanto, não marcou e acabou por perder o jogo.
 
Nota ainda para e expulsão de Miguel Veloso, nos instantes finais do jogo, que me parece também excessiva, atendendo ao perdão concedido a Raul Meireles, ainda na primeira parte.
 
Porto de Duas Faces e Grande coração do Sporting.
 
Resultado injusto. Por tudo o que o Sporting fez, merecia melhor sorte.
 
Nota negativa para Duarte Gomes.
 
BENFICA
 
E o Benfica voltou a vencer.
 
O Benfica entrou muito forte no jogo e, logo no 1º’ minuto Saviola enviou uma bola ao poste da baliza do Leixões.
Estranhamente, com o decorrer do jogo, as dificuldades do Benfica iam aumentando e adivinhava-se um jogo duro e difícil para o Benfica.
 
Até que, ao minuto 28’ Pouga, atacante do Leixões, cometeu uma falta e viu o 2º cartão amarelo e foi expulso. Parece-me que de forma justa já que o 1º cartão deveu-se a protestos. A partir deste lance o Benfica encostou o Leixões à sua área e adivinhava-se o golo a qualquer momento. Ainda assim, o futebol do Benfica não era muito esclarecido, tinha muita posse de bola mas criava poucas oportunidades claras de golo. Aos 36’ minutos terá, no meu ponto de vista, ficado por marcar uma grande penalidade a favor do Benfica, por falta cometida sobre Ramires. Já em tempo de compensação o Benfica faz o esperado golo inaugural por David Luiz e vai para o intervalo em vantagem.
 
A 2ª parte recomeça novamente com um Benfica forte e, depois de “tabelinha” perfeita entre Saviola e Aimar, este é derrubado dentro da área do Leixões. Penalti para o Benfica e nova expulsão para o Leixões, que passaria a jogar com 9 jogadores.
 
Cardozo fez o 2 a 0 e a resistência do Leixões terminava aqui, faltavam 30 minutos.
 
A partir deste momento o jogo seria o que o Benfica dele quisesse. E assim foi. O Benfica quis mais e naturalmente marcou por mais 3 vezes, fixando o resultado final em 5 a 0. nova goleada na Luz, perante assistência de 43 mil.
 
 
POSITIVO DA JORNADA: Braga continua na frente. Benfica, mais uma goleada, Naval consegue a 1ª vitória e despede Carlos Carvalhal do Marítimo.
 
 
NEGATIVO DA JORNADA: Duarte Gomes, árbitro do Porto vs Sporting.
r às 10:32

 

O Presidente da república marcou para hoje, pelas 20 horas, fazer uma declaração ao País.

 

o que irá dizer o Presidente???

 

será que se vai demitir???

 

aguardemos...

 

 

r às 10:12

25
Set 09

 

 

" QUANTO MAIS A LUTA AQUECE,

MAIS FORÇA TEM O PS"

 

INDEPENDENTEMENTE DA SUA ESCOLHA VOTE, NÃO DEIXE QUE DECIDAM POR SI...

r às 17:48

24
Set 09

 

Domingo, dia 27 de Setembro de 2009, é dia de ir votar.

 

Vote, não deixe que decidam por si.

 

Programas eleitorais:


PS - Partido Socialista

PSD - Partido Social Democrata

CDS-PP - Centro Democrático e Social-Partido Popular

CDU - Coligação Democrática Unitária

BE - Bloco de Esquerda
MEP - Movimento Esperança Portugal
PCTP-MRPP - Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses

PND - Partido Nova Democracia

MMS - Movimento Mérito e Sociedade

PTP - Partido Trabalhista Português
FEH - Frente Ecologia e Humanismo
PNR - Partido Nacional Renovador
POUS - Partido Operário de Unidade Socialista
PPM - Partido Popular Monárquico
PPV - Portugal pró Vida

r às 19:48

 

r às 19:47

23
Set 09

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS... 

 

 

r às 19:32

  

Se quiser acabar com o governo PS de José Sócrates, só há uma maneira. Votar no PSD.

Se não quiser, há várias maneiras de o manter em funções. Pode votar no PS, no CDS, no PCP, no BE, no MEP, não votar, votar nulo, etc, etc..

O voto no PSD não é um voto útil, é um voto utilíssimo.

Depende do que quiser, claro. É uma escolha, responsabilidade de cada um.


(url)
 
Digo eu: Como é possível, em tão poucas palavras, ser tão demagógico?!
r às 19:19

22
Set 09

 

PORTO -  E ao 5º jogo o Porto perdeu, e perdeu bem.
 
Como o seu treinador reconheceu, o Porto esteve irreconhecível, por seu lado o Braga jogou muito bem e foi um justíssimo vencedor.
 
O Braga foi sempre melhor, mais organizado, mais lutador, mais fresco e com os jogadores Eduardo, Moisés, João Pereira, Mossoro, Vandinho e Alan em grande nível.
 
Foi um Braga a mais para um Porto a menos.
 
Foi um jogo bem jogado e Domingos Paciência não inventa (bom treinador), aproveitando a dinâmica de épocas anteriores e jogadores bem dotados tecnicamente, conseguindo retirar deles o melhor, colocando-os a jogar no sítio certo. Até ao intervalo cumpre registar que ao minuto 19’, e em minha opinião, ficou uma grande penalidade por marcar a favor do Braga por falta cometida por Álvaro Pereira sobre Alan.
 
Após o intervalo o jogo continuou na mesma toada, isto é, o Braga a controlar e a dominar o jogo, até que aos 69’ minutos Alan fez o 1 a 0 para o Braga e colocou justiça no marcador.
 
Naturalmente, após este lance o Porto uniu-se e reagiu, no entanto o melhor que conseguiu foram 2 oportunidades de golo, já no tempo de descontos, protagonizadas por Ernesto Farias mas superiormente defendidas pelo guarda-redes do Braga, Eduardo.
 
 
Nota ainda para a excelente moldura humana patenteada nas bancadas do Estádio Axa.
 
E o Braga continua isolado na liderança, com 5 vitórias em 5 jogos, destacando-se ainda que já venceu o Sporting e, agora, o Porto.
 
 
BENFICA – Quando aos 4’ minutos Saviola fez o 1 a 0 para o Benfica, ninguém pensaria que o Benfica teria tantas dificuldades em ganhar ao União de Leiria.
 
Não gostei da exibição do Benfica. Não foi dos jogos mais conseguidos e notei que alguns jogadores não estavam ao nível de outras exibições, por exemplo Ramires, Di Maria e Javi Garcia, talvez cansados. Depois, a aposta de Jesus em Keirrison, fazendo descansar Cardoso, não surtiu o mínimo efeito, sendo para esquecer a exibição deste atacante emprestado pelo Barcelona.
 
Por seu lado o Leiria jogou muito bem, fechadinho, organizado, lutador e criou muitas dificuldades a este Benfica. Tendo contado com a ajuda de David Luís que aos 18’ minutos marcou na própria baliza.
 
Num jogo com poucas oportunidade claras de golo, mas bem disputado e com grande moldura humana nas bancadas. 20.000 Benfiquistas marcaram presença em Leiria e empurraram o Benfica quando este sentiu dificuldades.
 
Na 2ª. parte, e para mim, o momento do jogo foi protagonizado por Kalaba, jogador do Leiria que excelentemente desmarcado por Pateiro, isolou-se na frente de Quim mas errou o Alvo.
 
Com o aproximar do fim do jogo e após as substituições operadas por Jorge Jesus o Benfica foi mais incisivo, ainda que nem sempre de forma clara e bem jogada, até que ao minuto 77’, após troca de bola entre Nuno Gomes e Aimar, este é derrubado por Mamadou, dentro da área e o árbitro Jorge Sousa, não hesitou e marcou grande penalidade, concretizada por Cardozo a qual daria vitória e 3 pontos ao Benfica.
 
Muito se tem discutido sobre se a grande penalidade foi bem ou mal assinalada, jamais conseguiremos consenso sobre esta matéria, mas, no meu ponto de vista, a falta foi correctamente assinalada, porque se é facto que Mamadou tocou na bola, também é certo que não a retirou do alcance de Aimar, tendo este sido completamente abalroado pela entrada do jogador do Leiria, impedindo Aimar de continuar o lance. Grande penalidade bem assinalada.
 
Resultado justo.
 
 
SPORTING – Quando aos 18’ minutos Castro, jogador do Olhanense/ Porto, fez 0 a 2 em Alvalade, muitos pensavam já num descalabro verde e branco, mas não.
 
O Sporting entrou a “dormir”, sem pressão, sem velocidade, sem posse de bola. O Olhanense aproveitou a apatia Sportinguista e colocou-se rapidamente em vantagem, fazendo rápidas transições e explorando ao máximo a velocidade dos seus médios e atacantes.
 
Após o 0 a 2 o Olhanense descomprimiu ou, o Sporting acelerou, e aos 35’ minutos, Daniel Carriço marcou de cabeça e reduziu a desvantagem. Depois, depois equívocos, 1º tenho muitas dúvidas num lance na grande área do Sporting; 2º, penalti claro a favor do Sporting não assinalado; 3º penalti assinalado a favor do Sporting mas injusto, não havia, nesta ocasião, falta para a marcação de penalti. Grande penalidade convertida por João Moutinho e 2 a 2 ao intervalo.
 
Após o intervalo o Sporting prosseguiu em busca dos 3 pontos, mas, quase sempre sem o esclarecimento devido na hora da finalização. O Olhanense, mais recuado e, a espaços, a explorar o contra-ataque, ainda podia ter-se colocado novamente em vantagem, mas não aproveitou as poucas ocasiões que teve de golo neste período, e o cansaço ia-se apoderando dos seus jogadores.
 
Até que Vukcevic, a 3’ minutos do fim, deu o volte-face à partida, marcando num bom remate. Nova reviravolta do Sporting e mais 3 pontos em carteira.
 
Resultado injusto – Apesar de haver uma grande penalidade clara a favor do Sporting não assinalada, o que é facto é que o Sporting chega ao empate na transformação de uma grande penalidade que não devia ter sido assinalada, logo houve interferência directa no resultado final.
 
Parabéns ao Olhanense e ao “coração” do Sporting.
 
 
POSITIVO DA JORNADA: Braga continua na frente. Setúbal conquista a 1ª vitória, Adeptos do Benfica em Leiria e mais uma jornada com muitos golos, esperemos que para continuar.
 
 
NEGATIVO DA JORNADA: Ângulo e árbitro do Sporting vs Olhanense, Rui Costa.
r às 15:30

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14
19

20
26

27
28


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds