25
Mai 09

 

Grande Peixeirada, naquela espécie de telejornal da TVI, à Sexta-Feira.
 
O estilo de Manuela Moura Guedes, a forma pertinente e acutilante com que formula as suas perguntas, tentando conduzir os entrevistados à resposta que ela quer ouvir, não podia dar bom resultado.
 
Aliás, já no passado dia 10 de Março de 2009, neste blogue, coloquei um Post intitulado “TVI PERDEU O SINAL...”, porque de facto, já há época, esta espécie de Jornalismo tentava fazer escola na TVI, mais, uma série de personalidades referiram-se também ao assunto. Lembro o Editorial de João Marcelino do DN e do artigo de opinião do Sr. Juiz Desembargador Rui Rangel, no CM, entre muitos outros na comunicação social e na blogosfera.
 
Com todo o respeito pelos excelentes Jornalistas que esta estação televisiva tem nos seus quadros, deixo claro que não é à generalidade deles que este Post se aplica, mas tão e somente à “ex-Jornalista” Manuela Moura Guedes.
 
Digo mais, os excelentes jornalistas da TVI, não merecem e também se devem sentir incomodados e estupefactos com tal postura da referida colega. Ou não será colega????
 
Enfim.
 
Então a referida Srª. resolveu, na sexta-feira à noite, meter-se com o Sr. Dr. Marinho Pinto, Presidente da Ordem dos Advogados.
 
Este como se sabe, tem “sangue na guelrra”, e diz tudo o que lhe apetece, para Português entender.
 
Não é que aprecie o estilo, mas que coloca o “dedo na ferida” lá isso coloca.
Não é homem de ficar calado, nem de deixar de acusar quem quer que seja. Já o vimos/ouvimos “Mandar” recados a todos, ninguém tem ficado incólume nos seus fervorosos comentários/acusações…
 
De entre uma série de comentários, acusou a senhora de julgamentos sumários em horário nobre televisivo, que não cumpre o código deontológico dos jornalistas, aliás referiu mesmo que ela o devia desconhecer. Disse que teria vergonha de ser um jornalista como ela, um chorrilho.
 
De referir que Marinho Pinto, foi grande parte da sua carreira, Jornalista.
 
E recordando o saudoso Fernando Pessa, este referia-se a ela como “A Boca do Inferno” – e esta hein???
 
Não é que concorde com estes péssimos exemplos mas, como diz alguém – quem se põe a jeito, leva!!!
 
Eis mais um romance da TVI.
 

 

r às 15:12

 

Classificação:
Porto  - Campeão – 70 Pontos – acesso directo à Liga dos Campeões;
Sporting – 66 Pontos – pré-eliminatória da Liga dos Campeões;
Benfica – 59 Pontos – Liga Europa;
Nacional Madeira – 52 pontos – Liga Europa;
SC Braga – 50 pontos – Liga Europa;
Paços Ferreira – Finalista da Taça Portugal – Liga Europa.
 
Descem de Divisão – Belenenses 24 Pontos e Trofense com 23 pontos.
 
Sobem de Divisão – Olhanense e União de Leiria com 58 e 54 pontos respectivamente.
 
Melhores Marcadores: Néne – Nacional da Madeira – 20 golos, Óscar Cardozo (Benfica) e Liedson (Sporting) com 17 golos.
 
Melhor Guarda-redes- Liga Sagres * BETO - Leixões
 
Melhor Jogador – mais valioso -  Liga Sagres * RAÚL MEIRELES – FC Porto
 
Revelação – Liga Sagres – HULK, FC Porto *
 
Contratação “FLOP” – Balboa, Benfica. *
 
* - Opinião pessoal 
 
BENFICA – Quique Flores despede-se com uma vitória e coloca o Belenenses na 2ª Divisão.
O jogo até começou bem para o Belenenses, que precisava da vitória para eventualmente ainda ficar na 1ª Liga, tendo inaugurado o marcador com um grande golo de Silas.
O Benfica reagiu ao golo, subiu as linhas e chegou ao empate. Depois do golo do Benfica jamais o Belenenses criou grande perigo e, após a expulsão de Saulo, “saiu” do Jogo e desceu de divisão naquele momento.
A partir daí o Benfica apoderou-se do jogo, controlando-o, mesmo sem jogar bem, e percebia-se que o Benfica iria marcar a qualquer momento. Assim foi com um espectacular remate de Felipe Bastos (jogador este que não teve oportunidades de mostrar o seu valor – passou ao lado do campeonato). Com naturalidade o Benfica fechou o marcador por Pedro Mantorras, fixando o resultado final, 3-1.
 
Adeus e Felicidades, Quique Flores!
  
SPORTING – Este era um dos jogos que pouco decidia. Só e eventualmente o 4º lugar e o melhor marcador da Liga Sagres.
 
O Sporting jogou desfalcado – tinha um onze de fora – entre lesões e castigos, o Nacional apresentava-se na máxima força.
 
O Sporting entrou à Leão e aos 7’ minutos já vencia por 2 a 0, com dois golos de Derlei, e não de Liedson como desejariam os jogadores e adeptos, ainda na esperança que o Levezinho conseguisse chegar ao topo dos goleadores.
 
O balde de água fria chegou aos 11’ minutos quando Néne, de forma sublime marca um grande golo de livre directo, afastando-se ainda mais de Liedson na luta dos goleadores.
Após este lance, só estava em discussão o jogo e o segurar, ou não, do 4º lugar pelo Nacional da Madeira.
 
Num jogo nem sempre bem disputado o controlo da partida foi repartido pelos 2 emblemas, com várias oportunidades de parte-a-parte, mas foi o Sporting que mais eficácia teve, conseguindo ainda, de penalti, fazer o resultado final, 3-1, com golo de Romagnoli.
 
Para a próxima época há mais, mas com várias dúvidas: com ou sem Derlei, com ou sem Romagnoli, Veloso, Moutinho, Tonel e Polga????
 
PORTO -  Parabéns ao Campeão!!! Jogo de Festa, de recebimento da Taça (facto invulgar no nosso campeonato, mas positivo) e de homenagem aos campeões.
Para além disto, o Braga queria ganhar para sonhar ainda com o 4º lugar, mas estava muito desfaltado – muitas lesões e muitos castigos -  ao contrário do Porto que não fora a ausência de Lucho encontrava-se na máxima força.
 
Não foi um grande jogo, o Braga apesar das muitas ausências dificultou o jogo ao Porto e acabou por empatar a partida, num resultado que me parece justo, 1-1.
 
Porto Campeão – Adeus de Jesus a Braga e adeus de Bruno Alves e Lisando Lopez ao Porto, será?????
 
POSITIVO DA JORNADA: Rio Ave ganha ao Estrela da Amadora e assegura a manutenção. Setúbal empata na Naval e garante a continuação no principal escalão do Futebol Portugês e Grandes golos de Néne e Felipe Bastos.
 
NEGATIVO DA JORNADA: Belenenses perde na Luz e desce de divisão. Trofense perde em Paços de Ferreira e desce de divisão.
 
Boavista desce de divisão novamente.

 

 
Parabéns à União de Leiria que após uma segunda volta notável, acompanha o Olhanense na subida à 1ª divisão.
  
Parabéns a Pedro Mendes e Ricardo Costa que se sagraram campeões na Escócia e Alemanha, respectivamente.

 

 
r às 14:15

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
23

24
29
30

31


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds