15
Abr 09

jÁ PASSEIA NOS JARDINS DA CASA BRANCA "BO" O CÃO DE ÁGUA PORTUGUÊS...

 

r às 18:46

Colocando de lado o fervor clubístico interno, assumo que hoje apoio o FC Porto, desejando acima de tudo um excelente jogo de futebol e um grande espectáculo....

 

Boa sorte FC Porto!!

 

 

 

r às 17:56

 

Mário Soares é como o vinho do Porto, quanto mais velho melhor…
 
Deixo sugestão de leitura do artigo de opinião publicado no DN.
 
Alguns Excertos:
 
1.A crise global, de que os meios de comunicação social todos os dias nos falam, está longe de ter chegado ao fim. Ainda não batemos no fundo. Pelo menos na Europa, onde as instituições da União ainda não foram capazes de delinear uma estratégia conjugada ou convergente de ataque à crise com a necessária coerência interna. Portugal, infelizmente, não é excepção. Nem podia ser. A crise veio de fora, não foi gerada cá dentro. Alguns partidos da oposição parece não o terem ainda compreendido. As medidas, até agora, tomadas para a combater, em Portugal e não só, têm sido casuísticas, dispersas, atendendo talvez às necessidades mais urgentes, não digo o contrário, mas sem obedecerem a um plano de conjunto, que, pelo menos, tenha sido divulgado, explicado e compreendido pelos cidadãos. E isso, do meu ponto de vista, deveria ter sido uma prioridade essencial para trazer a tão necessária confiança às pessoas, no seu conjunto. Ora estamos longe de a ter, infelizmente.
 
2.A Justiça vai mal. Posso mesmo dizer, sem exagero, muito mal. É talvez, a seguir ao aumento do desemprego (provocado pela crise), das desigualdades sociais (que aumentaram sensivelmente, nos últimos anos) e da pobreza, abaixo dos limites mínimos exigíveis de uma parte considerável da população, o sector da Justiça é dos que está pior e mais desacreditado. Não porque não haja bons magistrados judiciais e do Ministério Público e bons polícias, na Judiciária. Há. E alguns até excelentes. Está fora de causa. Mas porque, nos últimos anos - por razões de corrupção ou outras -, a interpenetração entre alguns juízes, agentes do Ministério Público e polícias, com responsabilidades na Judiciária e certos meios da comunicação social (jornalistas "especializados", no mau sentido, em fugas de informação) têm vindo a desacreditar a Justiça, com a questão do segredo de justiça, particularmente tratando-se de processos que, por uma razão ou por outra, assumem maior expressão mediática ou envolvem personalidades políticas, empresariais ou futebolísticas. Os processos eternizam-se, as fugas de informação vindas dos inquiridores (Ministério Público ou Polícia Judiciária, donde poderia vir, além deles?) são mais do que muitas, fazendo-se "julgamentos na praça pública", de que ninguém está livre, baseados em boatos, rumores ou falsas informações. Sem que ninguém pareça ter força para pôr termo a uma situação deletéria, que envenena o País e destrói as instituições que nos regem.
 
 
Artigo completo aqui
r às 17:05

 

“Roubado” do blogue Novo Benfica, o qual com muito agrado acompanho quase diariamente.
 
Excelente post de Júlio Machado Vaz, o qual subscrevo e reproduzo na integra.
 
Não crucifico gente que se esfarrapa em campo, desconhece a sorte,  encontra um guarda-redes em estado de graça e um árbitro que - sem surpresa! - considero assombrado pelo jogo da Amadora... 
Mas seria ingénuo ficar por aí. Momentos houve em que me pareceu ver o Benfica em 4-2-4, o que permite o regabofe já habitual esta época - o meio-campo do adversário chega a ensaiar "meiinhos" com o nosso:). Por arrastamento, a transição para o ataque não evita a tentação do pontapé longo para a cabeça de Cardozo. Que até vem melhorando nesse aspecto, mas não está devidamente acompanhado, Nuno Gomes é hoje um homem de tabelas e não de finalização. E será lógico ver Cardozo tantas vezes nas linhas laterais? Se ganhar a jogada, cruza para quem? Há quanto tempo não marca o Benfica de bola corrida? É ou não verdade que mesmo contra dez as oportunidades surgiram de cruzamentos bombeados? A raça de David Luiz faz esquecer a ausência de um pé esquerdo e da velocidade de recuperação necessária naquela posição? Carlos Martins tem classe para ser um número dez? Quando param as hesitações sobre o lugar ideal para Aimar (aquele "fora-de-jogo" no início...). Balboa para quê? Miguel Vítor não fez duas asneiras no mesmo lance, que terminou em golo?
Até ao final do campeonato o Benfica vai perder mais pontos e nem me surpreenderia que o próprio terceiro lugar acabasse por ficar em risco. O que é secundário, creio. Volto à mesma tecla - desde o primeiro post afirmei que não exigia títulos, mas nove meses depois não se vislumbra a consolidação que todos desejávamos. Acresce que há pormenores (?) ridículos. As declarações de Nuno Piloto na parede do balneário? Mas qual foi o crime do rapaz? Dizer que não jogamos o suficiente para ser campeões? Mas se ele dissesse o contrário eu medicava-o sem remorsos! E o treinador fala num certo espírito de vingança, por além disso a Académica nos ter ganho na época passada? Ou seja: se vencêssemos hoje  fazíamos uma festa por o jogador/estudante (bons tempos...) engolir palavras que continuavam verdadeiras? E "lavávamos" o banho de futebol de 2007/08? São hoje em dia esses os objectivos do Benfica? Por amor do Deus em que não acredito, é preciso ter a noção do ridículo para não mergulhar nele!
Nuno Gomes disse que se calhar era melhor jogar mal e ganhar. Trata-se de um desabafo comodista. É verdade que as grandes equipas ganham, mesmo jogando pouco. Pelo golpe de génio de um jogador, o alto índice de aproveitamento de oportunidades que se contam pelos dedos da mão, a teimosia de que fala o ditado popular - "água... em pedra dura, tanto dá até que fura". Desculpem as reticências, mas há palavras que na minha idade já se evita por superstição:))))).
Não basta decretar que jogar bem não compensa...  Ou culpar a arbitragem, que, sem dúvida!, considero ter-nos prejudicado. Mas nas actuais condições, tal discurso assume o estatuto de cortina de fumo. Passe o exagero, a nova época já começou. Há contratações rotundamente falhadas a corrigir e encaixes a realizar. Considero uma burrice deixar partir Cardozo, o homem precisa é de jogar e na posição para que está talhado! Partiríamos da dupla Nuno Gomes/Mantorras para os quatro atacantes necessários? Mas um já não é um verdadeiro ponta de lança, o outro tem um cantinho de particular enlevo no nosso coração, mas não noventa minutos nas pernas. Di María, que teima em não amadurecer, e um dos centrais, diria eu. Se Rui Costa resistir aos lenços brancos em nome da estabilidade, seria pedir muito que Quique percebesse como se joga em Portugal contra os grandes? Ou a culpa é do pobre Diamantino, "promovido" a observador dos adversários e vivendo num limbo clandestino? A decisão é difícil e o menino Rui será responsabilizado por ela... 
Sim, porque acabo de ler as declarações de Quique. Como de costume, deviam ser gravadas e utilizadas nos cursos de formação de treinadores para explicar que não se pode justificar tudo com as arbitragens. Mas... "O título começa a ficar muito longe"? "foi uma época em que tivemos de nos habituar a muitas coisas novas..., não se pode pedir muito mais"?
Pois eu peço decoro!
Bom Domingo de Páscoa para todos, gente!”
r às 16:52

 

Depois de tanto suspense, tabu e jogos internos de bastidores, que só fazem lembrar o jogo do empurra ou o do piolho, o PSD lá se decidiu e indicou Paulo Rangel como candidato às eleições europeias… pode-se dizer que a montanha pariu Paulo Rangel.
 
O até agora ou até ver, líder parlamentar do PSD na assembleia da república terá como opositores Vital Moreira do PS, Nuno Melo do CDS/PP, Miguel Portas do Bloco e Ilda Figueiredo da CDU/CGTP/Fenprof/verdes.
 
Agora pergunto: Paulo Rangel vai continuar líder parlamentar do PSD e, deste modo, continuar a fazer oposição ao governo nacional, descurando a importância das eleições europeias????
 
Vamos ouvi-lo falar de quê??? Do país ou da Europa???
 
Não existindo dúvidas sobre a sua eleição, pergunta-se, depois de eleito assumirá o seu lugar no PE?????
 
Para já só sabemos que o que o move é a eleição de Durão para Presidente da Comissão Europeia…
 
Muito pouco e muitas dúvidas para uma política de verdade….

 

Já agora, contra ataque de Vital Moreira, aqui

 

r às 14:58

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
18

19
24
25

26


ARQUIVO
pesquisar
 
subscrever feeds